conecte-se conosco

Brasil

Jornais de Goiás – MPMG cobra multa por demora na entrega de casas a atingidos de Mariana

Publicada

em

Antonio Cruz/ Agência Brasil

Data limite expirou sábado e multa é de R$ 1 milhão por dia de atraso

O Ministério Público de Minas Gerais (MPMG) deu entrada em um pedido para aplicação da multa, fixada pela Justiça, que deveria ser paga pelas mineradoras Vale, Samarco e BHP Billiton em caso de descumprimento do prazo de entrega das novas casas aos afetados pelo rompimento de uma barragem que atingiu os distritos de Bento Rodrigues e Paracatu, em Mariana, em 2015. Passados mais de cinco anos do episódio, apenas sete das 306 moradias previstas estão concluídas.

Em decisão tomada em janeiro do ano passado, a juíza Marcela Oliveira Decat de Moura considerou alguns fatores que causaram mudanças no projeto e concedeu às mineradoras mais tempo para entrega dos dois reassentamentos coletivos, aumentando em seis meses o prazo estipulado anteriormente. A juíza estipulou multa de R$ 1 milhão por dia de atraso. A data limite, fixada pela magistrada em 27 de fevereiro deste ano, encerrou-se no último sábado.

O pedido de aplicação da multa foi apresentado nesta terça-feira (2) pelo MPMG à Justiça. As três mineradoras informaram que ainda não foram notificadas. “A empresa ressalta que mantém o compromisso com a reparação”, diz, em nota, a Samarco, joint-venture da Vale e da BHP Billiton e responsável pela barragem que se rompeu, causando a tragédia.

No episódio, 39 milhões de metros cúbicos de rejeito escoaram ao longo da bacia do Rio Doce, causando 19 mortes e impactando dezenas de municípios de Minas Gerais e do Espírito Santo. Na zona rural da cidade da Mariana, epicentro da tragédia, os distritos de Bento Rodrigues e Paracatu foram destruídos pela força da lama.

Para reparar os danos do episódio, um termo de transação e ajustamento de conduta (TTAC) foi firmado em março de 2016 pelo governo federal, pelos governos de Minas Gerais e do Espírito Santo e pelas três mineradoras. O acordo teve como desdobramento a criação da Fundação Renova, responsável pela gestão dos 42 programas pactuados, incluindo o programa de reassentamento coletivo.

A Fundação Renova diz que a questão do prazo de entrega das casas ainda está em discussão e informa ter apresentado um recurso à segunda instância, o qual ainda será julgado. “Foram expostos os protocolos sanitários aplicáveis em razão da pandemia de covid-19, que obrigaram a Fundação a desmobilizar parte do efetivo e a trabalhar com equipes reduzidas, o que provocou a necessidade de reprogramação das atividades.”

A entidade alega ainda que a construção de reassentamentos coletivos demanda um longo processo que envolve planejamento, aprovação de projetos de lei por parte do poder público, emissão de alvarás, submissão de projetos urbanísticos, definição das relações de vizinhança, adequação à legislação municipal e aprovação de cada passo pelos atingidos.

Situação atual

Em Bento Rodrigues, estão previstas 209 moradias e apenas sete estão concluídas, além das estruturas dos edifícios da escola, dos postos de saúde e de outros serviços públicos. A Fundação Renova afirma que finalizará até o final deste ano 64 casas. “Estão concluídos 95% das obras de infraestrutura, considerando via, drenagem, energia elétrica, redes de água e esgoto das ruas. A Escola Municipal, o Posto de Saúde e de Serviços e a Estação de Tratamento de Esgoto foram concluídos. Mais de 140 projetos foram protocolados na prefeitura. Ao todo, foram concluídos 182 projetos conceituais com as famílias; 19 estão em andamento”, acrescenta a entidade.

Já em Paracatu, nenhuma das 97 moradias está concluída. “Sete casas tiveram obras iniciadas, com etapa de montagem de fundação concluída. Mais de 60 projetos conceituais de residências foram concluídos. A infraestrutura está em fase avançada, com execução de terraplenagem das vias de acesso e das áreas dos lotes, contenções, obras de bueiros de drenagem pluvial, adutora de água tratada e rede de esgoto”, informa a fundação.

Os sucessivos atrasos causam descontentamento entre as famílias atingidas. O cronograma original das obras dos dois distritos previa as entregas para 2018 e 2019. As estimativas mudaram algumas vezes até que a Fundação Renova parou de divulgar datas, e o MPMG decidiu judicializar a questão.

Os atrasos na entrega dos imóveis foram um dos argumentos usados pelo MPMG para pedir, na semana passada, a extinção da Fundação Renova. Em ação ajuizada no TJMG, as três mineradoras foram apontadas como quem de fato toma as decisões da reparação. No fim de janeiro, a criação de um entidade similar à Fundação Renova para atuar na tragédia de Brumadinho, também em Minas Gerais, foi rejeitada em acordo firmado com a participação do governo mineiro, do MPMG e da Vale, responsável pelo episódio envolvendo o rompimento de uma barragem em janeiro de 2019, no qual 270 pessoas morreram. Foi adotado outro modelo de governança para a reparação dos danos desse caso.

Gesteira

Além de Bento Rodrigues e Paracatu, outra comunidade integra o programa de reassentamento coletivo, Gesteira, um distrito de Barra Longa, cidade vizinha a Mariana. A Fundação Renova informa que elaborou um projeto conceitual a partir de um anteprojeto formulado pela comunidade. Os atingidos contaram com o apoio da Associação Estadual de Defesa Ambiental, entidade que escolheram para assessorá-los, e do Grupo de Estudos e Pesquisas Socioambientais da Universidade Federal de Ouro Preto.

As obras ainda não começaram. “A Fundação Renova aguarda a decisão do juízo em relação ao projeto conceitual e à proposta de abastecimento de água apresentada, conforme as alternativas discutidas e definidas pela comunidade em assembleia virtual realizada em junho de 2020”, diz a entidade.

Além do programa de reassentamento coletivo, desenvolve-se paralelamente um programa de reassentamento familiar, voltado para os atingidos que viviam em sítios ou fazendas que foram destruídos ou mesmo para aqueles que moravam em Bento Rodrigues, em Paracatu e em Gesteira, mas não têm interesse em viver nos novos distritos. Para essas pessoas, é prevista a aquisição de outra propriedade.

Em alguns casos, os atingidos não têm interesse em outros terrenos e demandam apenas a reconstrução de suas casas e a recuperação de suas atividades produtivas. De acordo com a Fundação Renova, está previsto para este ano o investimento de R$ 1 bilhão para todas as modalidades de reassentamento, valor que representaria aumento de 14% em relação a 2020.

EBC. Os conteúdos publicados no Portal JA7 são de responsabilidade dos autores e não refletem necessariamente a opinião do veículo, sendo todo material de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.

Continue lendo
Clique para comentar

Você deve estar logado para postar um comentário em Login

Deixe uma resposta

TV JA7

Brasilagora

Jornal JA7 – Brasil e países pedem ação da OMC para comprar e distribuir vacinas

Brasilagora

Jornal JA7 – Pedro Guimarães esclarece dúvidas sobre auxílio emergencial

Brasilagora

Jornal JA7 – Quase 12 milhões de contribuintes enviaram declaração do IR

Brasilagora

Jornal JA7 – Governo arrecada R$ 216 milhões na concessão de cinco áreas portuárias

Brasilagora

Jornal JA7 – Mourão defende teto de gastos e nova reforma da Previdência

Brasilagora

Jornal JA7 – Guedes nega atritos com Congresso em negociações sobre Orçamento

Brasilagora

Jornal JA7 – Empresa de mineração arremata concessão de trecho de ferrovia na Bahia

Brasilagora

Jornal JA7 – FGV: indicadores de mercado de trabalho mantêm tendência de piora

Brasilagora

Jornal JA7 – Produção industrial recua em dez locais em fevereiro, diz IBGE

Brasilagora

Jornal JA7 – Guedes cita autonomia do BC e privatizações a ministros do G20

Brasilagora

Jornal JA7 – Impacto do novo auxílio no comércio deve ser oito vezes menor, diz CNC

Brasilagora

Jornal JA7 – Temendo bloqueios em suas contas, Samarco pede recuperação judicial

Brasilagora

Jornal JA7 – BNDES seleciona dez projetos culturais que usam a internet

Brasilagora

Jornal JA7 – Visita ao Cristo Redentor está liberada ao público

Brasilagora

Jornal JA7 – Chegada de mais doses mantém datas de vacinação no Rio, diz secretário

Brasilagora

Jornal JA7 – São Paulo deixa Fase Emergencial, mas seguirá na Fase Vermelha

Brasilagora

Jornal JA7 – Fiocruz recomenda que o município do Rio de Janeiro prorrogue medidas restritivas

Brasilagora

Jornal JA7 – Atraso na liberação de IFA não é problema só do Brasil, diz diplomata

Brasilagora

Jornal JA7 – Covid-19: governo anuncia distribuição de mais 4,4 milhões de vacinas

Brasilagora

Jornal JA7 – Pesquisa aponta eficácia da vacinação em profissionais de saúde no CE

Brasilagora

Jornal JA7 – Opas defende mundo justo, equitativo e saudável

Brasilagora

Jornal JA7 – Acordo prevê “fábrica de mosquitos” para combater dengue em Brumadinho

Agriculturaagora

Jornal JA7 – Garantia-Safra autoriza pagamento para mais de 13 mil agricultores familiares

Brasilagora

Jornal JA7 – Covid-19: estado do Rio de Janeiro bate novo recorde por fila de leitos

Brasilagora

Jornal JA7 – Covid-19: Minas Gerais aumenta restrições e entra na fase roxa

Brasilagora

Jornal JA7 – Vacinas compradas por consórcio do Nordeste irão para todo o Brasil

Brasilagora

Jornal JA7 – Covid-19: prefeito de SP confirma 1ª morte por falta de leito em UTI

Brasilagora

Jornal JA7 – SPU elabora plano inédito para regularização fundiária e destinação de áreas na Baixada Santista, em São Paulo

Brasilagora

Jornal JA7 – Programa qualificará mais de 5 milhões de jovens e adultos até 2023

Agriculturaagora

Jornal JA7 – Inmet, Inpe e Censipam promovem evento virtual em comemoração ao Dia Meteorológico Mundial

Brasilagora

Jornal JA7 – Covid-19: governo federal negocia 168 milhões de doses de vacina

Brasilagora

Jornal JA7 – Estoques de sangue em São Paulo estão em nível crítico

Agriculturaagora

Jornal JA7 – Programa alia sustentabilidade e produção agropecuária

Brasilagora

Jornal JA7 – Governo diz que pode faltar oxigênio em pequenos municípios

Brasilagora

Jornal JA 7 – Pesquisadores identificam possível nova linhagem de covid-19 no Brasil

Brasilagora

Jornal JA7 – Ministério da Economia publica Guia Consolidado de Investigações antidumping

Brasilagora

Jornal JA7 – Fiocruz entrega vacinas contra covid-19 produzidas no Brasil

Brasilagora

Jornal JA7- INSS alerta para golpe em ligações para que aposentados façam a prova de vida on-line

Brasilagora

Jornal JA7 – Setor energético e nuclear brasileiro terá novas estruturas

Brasilagora

Jornal JA7 – Firmado acordo contra fraudes relacionadas ao Auxílio Emergencial

Brasilagora

Jornal JA7 – Governo reduz em 10% imposto de importação para eletroeletrônicos e bens de capital

Brasilagora

Jornal JA7 – Paes diz que vai definir medidas mais restritivas para conter covid-19

Brasilagora

Jornal JA 7 – Serviço Florestal inicia processo para modelo de concessão florestal na Flona de Capão Bonito (SP)

Brasilagora

Jornal JA 7 – Receita libera hoje 3º lote de restituição do IR para cerca de 4 milhões de contribuintes

Brasilagora

Jornal JA 7 – Trabalhadores do Samu no Rio de Janeiro protestam por pagamento de salários atrasados

Destaqueagora

Jornal JA 7 – Registros de gripe sazonal atingem baixas recordes

Agriculturaagora

Jornal JA 7 – Abertas inscrições para curso online sobre transporte legal de aves

Agriculturaagora

Jornal JA 7 – Ministra Tereza Cristina participa do lançamento da campanha Mulheres Rurais, mulheres com direitos

Agriculturaagora

Jornal JA 7 – Agricultores do Rio Grande do Sul recebem kits de proteção para atividades nas feiras livres

Brasilagora

Jornal JA 7 – Desde 1860, Mapa acompanhou a transformação do setor agrícola brasileiro

Agriculturaagora

Jornal JA 7 – Ministério da Agricultura prevê crescimento de 27% na produção de grãos do país na próxima década

Brasilagora

Jornal JA7 – Anvisa faz alerta sobre túneis e câmaras de desinfecção de pessoas

Brasilagora

Jornais de Goiás – Ministério da Saúde atualiza informações sobre covid-19 no Brasil

Brasilagora

Jornais de Goiânia – Fornecedores da Embraer fazem demissões no interior paulista

Brasilagora

Jornais de Goiânia – Impacto da UnB na economia supera o próprio orçamento

Brasilagora

Jornais de Goiás – Justiça derruba liminar para entrega de respiradores ao Rio de Janeiro

Brasilagora

Jornais de Goiás – Coronavírus: ministro da Saúde reconhece agravamento da situação

Brasilagora

Jornal JA7 – Dólar ultrapassa R$ 5,40 com perspectiva de corte de juros

Brasilagora

Jornal JA7 – Ministério cancela antecipação de 2ª parcela de auxílio emergencial

Brasilagora

Jornais de Goiânia – TSE suspende cancelamento de 2,5 milhões de títulos eleitorais

Brasilagora

Jornais de Goiás – Inep formaliza adiamento do Enem digital para 22 e 29 de novembro

Destaqueagora

Jornal JA7 – Motociclistas venezuelanos protestam pela falta de gasolina

Brasilagora

Jornal JA7 – Internado em estado grave, Aldir Blanc tem suspeita de Covid-19