Jornal de Goiânia – ‘Deadpool’ subiu para liderança de bilheteria

Ryan Reynolds, astro de 'Deadpool 2', que arrecadou cerca de US $ 125 milhões em seu fim de semana de estréia nos cinemas norte-americanos

Outro fim de semana, mais uma abertura de super-heróis de US $ 100 milhões: desta vez foi “Deadpool 2”, da 20th Century Fox, com estimados US $ 125 milhões nos cinemas norte-americanos e uma enorme estreia no exterior, afirmou o Exhibitor Relations.

O filme da Marvel Comics arrecadou US $ 176 milhões no exterior, a maior estréia no exterior de um título pornográfico, de acordo com o Hollywood Reporter.

O filme apresenta Ryan Reynolds interpretando o personagem-título de boca suja e irreverente enquanto forma uma equipe X-Force para proteger um jovem mutante do malvado Cable (Josh Brolin).

Para um cara super malvado, Brolin está tendo uma semana muito boa. Ele também interpreta o vilão destruidor do mundo Thanos em “Avengers: Infinity War”, que liderou a venda de ingressos na América do Norte antes que “Deadpool” colidisse com ele.

Ainda empacotando um pênalti decente, “Avengers” – estrelado por Robert Downey Jr., Benedict Cumberbatch, Scarlett Johansson e Chris Hemsworth – arrecadou US $ 28,7 milhões durante o fim de semana de três dias, elevando sua participação global para US $ 1,8 bilhão.

Em terceiro lugar nos cinemas estava a nova rom-com da Paramount, “Book Club”, com US $ 12,5 milhões. O filme é estrelado por Jane Fonda, Diane Keaton, Candice Bergen e Mary Steenburgen como velhas amigas que decidem ler os fumegantes “Fifty Shades of Grey” e encontrá-lo expandindo seus horizontes literários e pessoais.

Em quarto lugar estava “Life of the Party”, uma comédia da Warner Bros., com US $ 7,7 milhões. Melissa McCarthy, que co-escreveu o roteiro com o diretor Ben Falcone, interpreta uma mãe recém-divorciada que retorna à faculdade, apenas para se ver em sala de aula com sua filha (profundamente envergonhada).

E o quinto foi o thriller da Universal, Breaking In, com 6,5 milhões de dólares. O site Rotten Tomatoes classificou o filme como um “thriller de ação descartável”, mas elogiou a atuação de Gabrielle Union como mãe tentando proteger seus filhos de seqüestradores.

Uma surpresa de fim de semana (ver abaixo) foi “RBG”, de Magnolia, sobre a justiça da Suprema Corte dos EUA, Ruth Bader Ginsburg, com 85 anos de idade, com vendas de ingressos excepcionalmente fortes para um documentário.

Completando o top 10 foram:

“Show Dogs” (US $ 6 milhões)

“Overboard” (US $ 4,7 milhões)

“Um lugar tranquilo” (US $ 4 milhões)

“Rampage” (US $ 1,5 milhão)

“RBG” (US $ 1,3 milhão)

Jornal de Goiânia – ‘Deadpool’ subiu para liderança de bilheteria
5 (100%) 1 vote[s]
Mostre mais

# Fabiola Sandra

Fabiola Sandra é jornalista.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo