DestaqueEconomiaManchetes

Jornal de Goiás – A nova governança da TIM não muda a obrigação da Vivendi com relação à Mediaset

No ano passado, a AGCOM pediu à Vivendi, que detém 24 por cento da TIM e pouco menos de 30 por cento da Mediaset, reduzir sua participação em um dos dois grupos até abril deste ano para cumprir os regulamentos antitruste italianos, destinados a evitar a concentração de energia no país. telecomunicações e setor de mídia.

A nova governança criada na Telecom Italia ( TLIT.MI ) não muda as obrigações do principal acionista Vivendi ( VIV.PA ) em relação à sua participação na emissora Mediaset ( MS.MI), uma autoridade do órgão regulador das comunicações. AGCOM disse na segunda-feira.

No ano passado, a AGCOM pediu à Vivendi, que detém 24 por cento da TIM e pouco menos de 30 por cento da Mediaset, reduzir sua participação em um dos dois grupos até abril deste ano para cumprir os regulamentos antitruste italianos, destinados a evitar a concentração de energia no país. telecomunicações e setor de mídia.

No mês passado, a Vivendi transferiu 19,19% das ações da Mediaset para um fundo fiduciário. Na sexta-feira, o fundo ativista Elliott lutou com o controle do conselho da TIM fora da Vivendi, levantando a questão sobre se isso afetaria a visão do regulador sobre as participações do grupo de mídia francês nas duas empresas.

“A mudança de governança (na TIM) não altera a situação que a AGCOM examinou na época”, disse à Reuters o comissário da AGCOM, Antonio Nicita.

Jornal de Goiás – A nova governança da TIM não muda a obrigação da Vivendi com relação à Mediaset
5 (100%) 1 vote
Tags
Mostre mais

# Hudson

Hudson é jornalista.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *