DestaqueManchetesMundo

Jornal JA7 – Muitos temiam morrer quando o avião de Cuba caiu na decolagem

Um avião da Cubana de Aviacion caiu depois de decolar do aeroporto de Jose Marti, em Havana

Um avião de transporte aéreo estatal cubano com 104 passageiros a bordo caiu logo após decolar de Havana na sexta-feira, deixando um monte de fuselagem em chamas, já que o presidente do país alertou que muitas pessoas podem ter morrido.

O Boeing 737, operado pela Cubana de Aviacion, colidiu com um campo perto de uma área arborizada perto do aeroporto Jose Marti, em Havana, enviando uma espessa coluna de fumaça para o ar, disse um jornalista da AFP no local.

O avião foi quase completamente destruído no acidente e no incêndio subseqüente. Bombeiros, alguns ainda queimando a fuselagem queimada, e equipes de resgate vasculharam os destroços, mas parecia haver poucas chances de encontrar sobreviventes.

O que parecia ser uma das asas do avião estava encravado entre troncos de árvores queimados, mas a fuselagem principal parecia ter sido inteiramente destruída.

O presidente de Cuba, Miguel Diaz-Canel, que foi visitar o local, disse que houve um “alto número” de vítimas.

“Houve um infeliz acidente de aviação. A notícia não é muito promissora, parece que há um grande número de vítimas”, disse Diaz-Canel, após sua visita.

Diaz-Canel disse que nove tripulantes estavam a bordo, além dos passageiros.

O presidente de 58 anos, que sucedeu a Raul Castro como líder da ilha no mês passado, ficou horrorizado ao analisar os esforços de recuperação, vestindo uma camisa verde de manga curta e cercado por autoridades.

Fontes do aeroporto disseram que o jato estava indo da capital para a cidade de Holguin.

A televisão estatal disse que o avião foi operado por uma equipe estrangeira, mas não deu detalhes.

Segundo a reportagem, a companhia aérea européia Blue Panorama estava alugando um avião 737-400 para a Cubana de Aviação por vários meses.

O último grande acidente aéreo em Cuba aconteceu em julho de 1997, quando um avião de passageiros Antonov-24 caiu no mar em frente a Santiago de Cuba. Todos os 44 a bordo foram mortos, incluindo dois brasileiros e dois espanhóis.

Em março de 2002, um pequeno avião Antonov-2 viajando de Cienfuegos para Cayo Coco caiu na província central de Santa Clara. Todas as 16 pessoas a bordo, entre elas seis turistas canadenses, quatro britânicos e dois alemães.

Jornal JA7 – Muitos temiam morrer quando o avião de Cuba caiu na decolagem
5 (100%) 1 vote
Tags
Mostre mais

# Beny

Beny é jornalista.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *