DestaqueEconomiaManchetesMundo

Jornal JA7 – Venezuela toma unidade da Kellogg após empresa suspender operações

A Kellogg Company encerrou suas operações na Venezuela, citando a crise econômica, levando o governo do presidente Nicolas Maduro a assumir o controle de sua subsidiária no país sul-americano.

O governo da Venezuela assumiu o controle na terça-feira da subsidiária da Kellogg no país sul-americano, após a interrupção das operações, anunciou o presidente Nicolas Maduro.

Maduro disse que a empresa foi “entregue aos trabalhadores” para continuar a produção, depois que a fabricante de cereais norte-americana informou que está interrompendo as operações.

Em um comunicado, a multinacional norte-americana citou a crise econômica paralisante da Venezuela como o motivo pelo qual estava encerrando suas operações no país.

“A atual deterioração econômica e social no país agora levou a empresa a descontinuar as operações”, disse Kellogg.

Dezenas de funcionários lotaram a entrada da fábrica na cidade de Maracay, no oeste do país, depois de encontrar um aviso informando sobre o fechamento.

“O que o governo revolucionário fez? O ministro do trabalho e o ministro da economia chegaram imediatamente, abriram a empresa e entregaram aos trabalhadores, e a empresa está produzindo com a classe trabalhadora industrial”, disse Maduro, que está buscando um segundo mandato. nas eleições de domingo.

O governo já assumiu as fábricas de outras empresas que deixaram o país.

As empresas norte-americanas Kimberly-Clark, General Motors e Clorox estão entre as várias multinacionais que fecharam suas operações na Venezuela nos últimos anos.

A Suramericana de Soplados, do Brasil, que forneceu tanques de combustível para as montadoras da Ford e da Chrysler na Venezuela, também fechou.

Alguns, como a Coca-Cola e a Colgate, suspenderam temporariamente ou reduziram suas operações.

Jornal JA7 – Venezuela toma unidade da Kellogg após empresa suspender operações
5 (100%) 1 vote
Tags
Mostre mais

# Adalberto

Adalberto é jornalista.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *