Mundo: Arábia Saudita ordenou a reabertura da fronteira para peregrinos
Avalie esta postagem

Mundo: Arábia Saudita ordenou a reabertura da fronteira para peregrinos. Esta decisão foi anunciada depois que o príncipe herdeiro Mohamed Ben Salman recebeu um representante de Doha

17/08/2017 – 01:19:29

O rei Salman da Arábia Saudita ordenou a reabertura da fronteira para permitir que fiel dos Qatari faça sua peregrinação a Meca, informou na quarta-feira a agência oficial de notícias Riyadh.

Esta decisão foi anunciada depois que o príncipe herdeiro Mohamed Ben Salman recebeu um representante de Doha pela primeira vez desde a separação dos laços bilaterais em 5 de junho, quando a Arábia Saudita, Emirados Árabes Unidos, Bahrein e Egito acusaram o Qatar de “terrorismo” de apoio.

O rei ordenou que os peregrinos catárquicos “possam entrar na Arábia Saudita pela fronteira para realizar a peregrinação”, diz o comunicado.

De acordo com o texto, o monarca também pediu que os aviões privados pertencentes às companhias aéreas de Riyadh fossem enviados para o aeroporto de Doha “para levar todos os peregrinos catarianos às suas custas”.

Por dois meses, o Qatar sofreu um grave embargo imposto pelos vizinhos do Golfo Pérsico, incluindo a Arábia Saudita, Emirados Árabes Unidos e Bahrein.
Todas as fronteiras terrestres e marítimas com o pequeno emirado foram fechadas e impuseram severas restrições de ar.

O Príncipe Herdeiro destacou “as relações históricas entre o povo saudita e os católicos e entre o poder saudita e a família real do Catar”.

O Qatar negou consistentemente todas as alegações e, no mês passado, acusou a Arábia Saudita de dificultar a peregrinação dos cataratas.

O rito “hach”, que começa em agosto deste ano, é um dos cinco pilares do Islã, que todos os muçulmanos devem se encontrar pelo menos uma vez na vida se ele tiver meios.

O emirado, sede de cerca de 2,6 milhões de pessoas, dos quais 80% são estrangeiros, é o per capita mais rico do mundo – em paridade de poder de compra – de acordo com o FMI.

O país abriga as maiores reservas de gás do mundo e o maior exportador mundial de gás natural liquefeito (GNL).

Além disso, o Qatar possui um “tesouro” de aproximadamente US $ 330 bilhões em suas participações soberanas, Qatar Investment Autorithy (QIA).

 

Mundo, Manchetes, Arábia Saudita