AgriculturaAgronegócioBrasilDestaqueManchetesMundoPecuária

Delegação da República Democrática do Congo Explora Potencial de Cooperação Agrícola no Brasil

Brasília, 16 de outubro de 2023 – Na manhã desta segunda-feira, o Ministério da Agricultura e Pecuária (Mapa) abriu suas portas para receber uma delegação da embaixada da República Democrática do Congo, em um encontro dedicado à exploração de oportunidades de cooperação agrícola e potenciais acordos bilaterais entre as duas nações.

A reunião de alto nível contou com a presença do secretário executivo do Mapa, Irajá Lacerda, e do secretário de Comércio e Relações Internacionais, Roberto Perosa. Eles se uniram ao ministro de Planejamento e Manutenção da República Democrática do Congo, Judith Tuluka, e ao embaixador do país no Brasil, Benoît Labre Ngala, para discutir os caminhos da cooperação agrícola.

O secretário executivo do Mapa enfatizou a importância da agricultura brasileira e seu notável crescimento ao longo dos anos, destacando, em particular, os avanços tecnológicos por meio do trabalho realizado pela Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa). Durante a reunião, também foram apresentadas as principais ações do Mapa ao longo do ano em curso.

Além de discutir sobre a agricultura, as partes também abordaram possíveis acordos comerciais e cooperações técnicas que fortalecem as relações entre os dois países. Atualmente, o Brasil exporta para a República Democrática do Congo produtos como açúcar, carne de frango, carne suína, entre outros.

A delegação congolesa, por sua vez, contou com a presença do governador provincial, Mobutu Malo, do ministro assessor, Azimba Mindia, e do diretor geral da Agência das Zonas Econômicas Especiais, Auguy Bolamba, entre outros membros proeminentes.

O encontro demonstra o compromisso de ambas as nações em explorar novas formas de cooperação, particularmente no setor agrícola, e abre caminho para uma futura promessa de parcerias bilaterais. A colaboração contínua entre o Brasil e a República Democrática do Congo promete trazer benefícios mútuos e promover o crescimento econômico e as ameaças de ambas as nações.

Avalie o Post post

Mostre mais

Deixe um comentário

Botão Voltar ao topo