AgriculturaAgronegócioBrasilDestaqueEconomiaGoiâniaGoiásGoverno de GoiásImprensaManchetesNotíciasPolíticaSaúde

Estado de Goiás estabelece novo recorde em doações de órgãos para transplantes

Dados recentes da gerência de transplantes da Secretaria de Estado da Saúde de Goiás (SES-GO) apontam um recorde histórico no número de doações para transplantes. No decorrer deste ano, 91 pessoas, diagnosticadas com morte encefálica, se tornaram doadoras de órgãos. Esse número supera o recorde anterior de 89 doadores, registrado em 2018.

As últimas doações, realizadas na terça-feira (21/11), envolveram dois casos de pessoas jovens, entre 20 e 29 anos, que sofreram traumas decorrentes de acidentes. A confirmação da morte encefálica ocorreu por meio de exames e protocolos clínicos. Um dos procedimentos ocorreu no Hospital Estadual do Centro Norte Goiano (HCN), em Uruaçu, com a extração de rins, fígado e córneas. O segundo procedimento, no Hospital Municipal de Rio Verde, sudoeste goiano, resultou na retirada de rins e córneas.

Todos os órgãos captados foram destinados a pacientes goianos que aguardavam na lista de espera para transplantes. Katiúscia Freitas, gerente de transplantes da SES-GO, ressaltou o sucesso das captações graças ao apoio logístico do Corpo de Bombeiros Militar do Estado de Goiás (CBPM) e do Serviço Aéreo do Estado de Goiás (Saeg), instituições que colaboram com a SES-GO.

Apesar do recorde de doações e do avanço nos transplantes, a taxa de recusa familiar em Goiás permanece alta, alcançando 64,7%. Freitas enfatiza a importância de as pessoas expressarem aos familiares o desejo de serem doadoras de órgãos. Ela também destaca a generosidade das famílias que, mesmo em meio à dor da perda, optam por transformar a vida de quem aguarda por um transplante.

A esperança para os mais de 2.000 inscritos na lista de espera em Goiás continua. Entre eles, 475 aguardam por transplante de rim, 12 de fígado e 1.592 de córnea.

Os dados gerais de doações de janeiro a outubro de 2023 mostram um aumento significativo em doações de órgãos e tecido ocular, além de um aumento nos transplantes realizados em várias áreas, demonstrando um avanço notável na área de transplantes em Goiás.

 

Serviço Dados gerais de doações (janeiro a outubro de 2023)

 

Doadores de órgãos: 84 (aumento de 40%)

Doadores de tecido ocular: 372 (aumento de 59,6%)

Recusa das famílias: 64,7% (68,6% em outubro de 2022)

Transplantes realizados Córneas: 510 (aumento de 64,5%)

Medula óssea: 29 (aumento 31,8%)

Tecido músculo esquelético: 7

Rins: 120 (aumento de 34,8%)

Fígado: 7 (aumento de 16,6%)

 

Total: 673 (aumento de 55,9%)

Órgãos captados (janeiro a outubro de 2023)

Total: 226 (aumento de 41,25%)

Avalie o Post post

Mostre mais

Deixe um comentário

Botão Voltar ao topo