AgriculturaAgronegócioDestaqueEconomiaGoiâniaGoiásGoverno de GoiásManchetesNotíciasPolíticaSaúde

Goiás oferece casas gratuitas e escrituradas, beneficiando famílias em programas habitacionais

O governador Ronaldo Caiado esteve em Santo Antônio de Goiás, situado a aproximadamente 27 quilômetros de Goiânia, na quinta-feira (23/11) para entregar 30 residências populares a famílias locais. Essas moradias fazem parte do programa Pra Ter Onde Morar – Construção, uma iniciativa conjunta da Agência Goiana de Habitação (Agehab) e da Secretaria de Estado da Infraestrutura (Seinfra), e são disponibilizadas sem custo para os contemplados, representando um investimento total de R$ 3,2 milhões.

Durante a entrega, o governador enfatizou: “Pessoas em situação de pobreza e extrema-pobreza não têm meios para arcar com parcelas de uma casa. Em Goiás, somos o único estado brasileiro onde alguém pode receber uma casa de forma gratuita e devidamente documentada”. Ele acrescentou: “O que estamos entregando hoje são residências de alta qualidade, proporcionando condições dignas para que as pessoas possam viver.”

Nesta primeira etapa, foram entregues 30 casas sem custo algum. Essas unidades contam com infraestrutura completa de água, energia elétrica e estão prontas para a ocupação. Além disso, outras 20 residências estão em fase de construção, totalizando 50 moradias a serem disponibilizadas no município. As famílias beneficiadas foram selecionadas por meio de sorteio público, após passarem por um processo de habilitação prévia.

O Secretário de Infraestrutura, Pedro Sales, afirmou: “Goiás possui a política habitacional mais abrangente, completa e diversificada de todo o país. Estou certo de que as famílias que se mudarem para cá terão muito orgulho e cuidarão de seus lares.”

Alexandre Baldy, presidente da Agehab, destacou que a meta é ampliar o programa habitacional em Goiás, expandindo o número de cidades contempladas para construir até 10 mil residências. “Temos o compromisso de atingir mais municípios, permitindo que as famílias permaneçam vivendo onde nasceram e cresceram, conforme seus desejos”, ressaltou Baldy.

Essas residências são construídas exclusivamente com recursos estaduais, em parceria com as prefeituras, que viabilizam os terrenos. O prefeito de Santo Antônio de Goiás, Kleber Freitas, afirmou: “Esta entrega é resultado da união entre o Governo do Estado e o município. É assim que devemos governar, em cooperação total.”

O programa exige que as famílias interessadas em uma dessas unidades habitacionais comprovem renda familiar de até um salário mínimo e tenham residido na cidade por pelo menos três anos. Luzineide Cruz Lima, uma diarista de 35 anos e mãe de quatro filhos, é um exemplo. Ela agora tem um novo lar para viver com sua família. “Todos estão felizes e ansiosos para se mudar logo. Isso vai mudar a minha vida”, comemorou. O custo estimado de cada moradia é de cerca de R$ 127 mil.

Atualmente, estão abertas inscrições para mais 192 moradias em Britânia (50 casas), Jandaia (50), Jussara (50) e Palestina de Goiás (42). Os interessados podem se inscrever no site da Agehab (www.agehab.go.gov.br) até o dia 28 de novembro.

Avalie o Post post

Mostre mais

Deixe um comentário

Botão Voltar ao topo