conecte-se conosco

Brasil

Jornal JA7 – Decisão sobre reajuste de bandeiras tarifárias deve sair até o dia 30

Imagem/Freepik

Aumento pode passar de 20%, diz diretor da Aneel

O diretor-geral da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel), André Pepitone, disse  em Brasília, que a decisão sobre o aumento no valor das bandeiras tarifárias deve ser tomada até o fim de junho. Ele afirmou que o reajuste deve passar de 20%.

Este será o primeiro aumento nos valores das bandeiras desde 2019. Em 2020, por conta da pandemia do novo coronavírus (covid-19), os valores foram mantidos e a bandeira verde foi acionada de junho a novembro.

O país vive a pior crise hídrica dos últimos 91 anos, com os reservatórios das bacias das principais usinas hidrelétricas em níveis muito baixos. Por isso, houve a necessidade de acionamento de mais usinas termelétricas. O acionamento das bandeiras tarifárias reflete o aumento no custo da geração de energia no país.

Desde março, a Aneel acionou o sistema de bandeiras tarifárias que chegou em junho ao ponto mais alto – vermelha no patamar 2 – com a cobrança adicional de R$ 6,243 para cada 100kWh (quilowatt-hora) consumidos.

Redução

Também em março, a Aneel abriu uma consulta pública sobre a revisão dos adicionais e das faixas de acionamento para as bandeiras tarifárias no período 2021/2022. A proposta da agência é de redução no valor da bandeira tarifária amarela, que passaria R$ 1,343 a cada 100 kWh consumidos para R$ 0,996.

Já a bandeira vermelha 1 subiria de R$ 4,169 a cada 100 kWh para R$ 4,599 para cada 100 kWh consumidos e a bandeira vermelha 2 aumentaria de R$ 6,243 para R$ 7,571 para cada 100 kWh consumidos.

“Hoje temos um custo de R$ 6,24 a cada 100 kilowatt hora consumidos, mas certamente o valor final será bem maior do que R$ 7 e alguns centavos, esse valor deve superar os 20%. A agência [Aneel] deve estar tomando essa decisão ainda no mês de junho do novo valor das bandeiras para pagar as térmicas”, afirmou Pepitone, durante audiência pública da Comissão de Minas e Energia da Câmara dos Deputados para debater a crise hídrica no país.

Medidas

Principal fonte de energia elétrica do país, as usinas hidrelétricas são responsáveis por pouco mais de 62% de toda a geração elétrica, mas sofrem com o regime hídrico abaixo da média histórica.

Há escassez de chuvas, especialmente nas regiões Sudeste e Centro-Oeste, onde se concentram as principais bacias hidrelétricas. O problema atinge especialmente as bacias dos rios Parnaíba, Grande, Paraná e Tietê.

Por conta desse cenário, o Comitê de Monitoramento do Setor Elétrico (CMSE) decidiu, em maio, despachar fora da ordem de mérito todos os recursos da geração termelétrica até dezembro. O custo desse despacho térmico foi estimado pela Aneel em R$ 8,99 bilhões, dos quais R$ 4,3 bilhões já foram usados no período de janeiro a abril de 2021.

Segundo Pepitone, além do aumento nos valores das bandeiras tarifárias, a medida vai ter um impacto médio nas tarifas de energia de 5%, percentual que será repassado ao consumidor em 2022.

“Só temos praticamente água para atender a geração de energia do país até novembro. Até lá, teremos que atender os país com as térmicas e isso tem um custo”, disse o diretor da Aneel.

Além da geração térmica, outras medidas estão sendo adotadas para evitar que os reservatórios das usinas hidrelétricas fiquem ainda mais vazios. No dia 1º, a ANA (Agência Nacional de Águas e Saneamento) decidiu declarar emergência hídrica na Bacia do Paraná. A medida permite a limitação de volumes de captação de água nos rios da bacia em caso de necessidade.

Flexibilização

O diretor-geral do Operador Nacional do Sistema Elétrico (ONS), Luiz Carlos Ciochi, disse, na mesma audiência pública da Comissão de Minas e Energia da Câmara, que outras ações foram discutidas e apresentadas ao Comitê de Monitoramento do Setor Elétrico. A mais importante delas abrange a redução na vazão das Usinas Jupiá e Porto Primavera e a flexibilização dos reservatórios da cabeceira do rio Paraná, principalmente do reservatório da usina de Furnas.

De acordo com Ciochi, a expectativa é que a medida gere um ganho de armazenamento de 3,8% do Sistema Interligado Nacional (SIN).

“Não usaremos essas águas para a geração de energia elétrica visando garantir a governabilidade de toda a cascata, para garantir que todos os reservatórios tenham o mínimo de água”, disse.

Outra proposta é a de reduzir o calado ou paralisar a hidrovia Tietê-Paraná a partir de 1º julho. O ganho de armazenamento com a redução do calado seria de 0,5% e a paralisação de 1,6% no SIN. Ainda há a proposta de flexibilizar a operação dos reservatórios do rio São Francisco, com ganho de 0,8% do SIN. Segundo Ciochi, mesmo com a adoção dessas ações, o nível dos reservatórios deve ficar em 10% no fim do ano.

“As ações vão permitir estocar água para outubro e novembro. Se não adotarmos essas medidas chegaremos em 2022 em uma condição muito frágil para atender a necessidade de energia do próximo ano”, alertou Ciochi.

O diretor do ONS disse, ainda, que essas medidas geram impactos ambientais que estão sendo debatidos com órgãos como o Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama) e que elas não vão gerar prejuízos para outros usos da água, como o para consumo humano, irrigação e dessedentação (uso de água por animais).

EBC. Os conteúdos publicados no Portal JA7 são de responsabilidade dos autores e não refletem necessariamente a opinião do veículo, sendo todo material de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.

Agriculturaagora

Jornal JA 7 – Mapa entrega cessões de uso de águas em Tocantins

Brasilagora

Jornal JA 7 – FNDE já liberou R$ 369,66 milhões do Pnate para manutenção do transporte escolar no ano de 2021

Brasilagora

Jornal JA 7 – CNC: comércio terá a melhor contratação de temporários desde 2013

Brasilagora

Jornal JA 7 – Caixa paga 6ª parcela do auxílio emergencial a nascidos em abril

Brasilagora

Jornal JA 7 – Rio de Janeiro entra em risco moderado de transmissão da covid-19

Destaqueagora

Jornal JA 7 – Governo de Goiás: Caiado inaugura obra e entrega computadores em Nerópolis

Destaqueagora

Jornal JA 7 – Goiânia: Seinfra trabalha em CMEIs da Vila Morais, Setor das Nações, Guanabara II e Jardim Itaipú nesta sexta, 24

Destaqueagora

Jornal JA 7 – Prefeitura de Goiânia lança edital de chamada pública de incentivo à Lei Aldir Blanc

Brasilagora

Jornal JA 7 – Ministério da Economia reduz projeção de déficit primário para R$ 139,4 bilhões em 2021

Agriculturaagora

Jornal JA 7 – Valor da produção agrícola nacional tem recorde em 2020 com R$ 470,5 bilhões

Brasilagora

Jornal JA 7 – SPE divulga estudo sobre as perspectivas de crescimento econômico para 2022

Agriculturaagora

Jornal JA 7 – Governo suspende PIS/Cofins na importação de milho para desonerar custo do grão no mercado interno

Agriculturaagora

Jornal JA 7 – Ministérios da Economia e da Agricultura facilitam acesso a águas públicas para aquicultura

Brasilagora

Jornal JA 7 – Ministério da Saúde abre inscrições para selecionar iniciativas voltadas a pessoas com deficiências

Brasilagora

Jornal JA 7 – Economia Caixa paga hoje auxílio emergencial a nascidos em março

Brasilagora

Jornal JA 7 – Governador de Minas diz que estado pode ter desabastecimento elétrico

Brasilagora

Jornal JA 7 – Anvisa determina recolhimento de lotes da CoronaVac

Brasilagora

Jornal JA 7 – Fiocruz recebe lote de IFA para produção de vacinas

Brasilagora

Jornal JA 7 – Covid-19: Rio de Janeiro retoma vacinação de adolescentes

Brasilagora

Jornal JA 7 – Covid-19: DF começa a aplicar reforço em pessoas com 85 anos ou mais

Brasilagora

Jornal JA 7 – Petrobras quer atingir neutralidade das emissões nas operações

Brasilagora

Ideia Goiás: Marketing Digital para médicos, consultórios, institutos, clínicas e hospitais em Goiânia

Brasilagora

Jornal JA 7 – LIBERDADE DE EXPRESSÃO

Destaqueagora

Governo de Goiás – Em Mozarlândia, Gracinha entrega 654 cartões do Mães de Goiás

Brasilagora

Jornal JA 7 – Covid-19: OMS alerta para variante identificada na Colômbia

Brasilagora

Jornal JA 7 – Governo anuncia propostas qualificadas para vacinas nacionais

Brasilagora

Jornal JA 7 – Saúde Doença “urina preta” pode estar relacionada a consumo de frutos do mar

Brasilagora

Jornal JA 7 – Presidente Bolsonaro convida população a ir às ruas amanhã

Brasilagora

Jornal JA 7 – Prefeitura de Goiânia lança programa “Esporte nos Bairros” com 17 modalidades

Brasilagora

Jornal JA 7 – Funarte distribui mais de R$ 3,4 milhões em premiações de incentivo às artes

Destaqueagora

Governo de Goiás – Ao lado do ministro de Infraestrutura Caiado entrega de trecho da BR-070

Brasilagora

Jornal JA 7 – Decreto antecipa flexibilização de fidelidade à bandeira em postos

Brasilagora

Jornal JA 7 – Plano Nacional de Políticas sobre Drogas está aberto para consulta pública

Brasilagora

Jornal JA 7 – RJ: metrô e trens funcionam no feriado com horário e grades especiais

Destaqueagora

Governo de Goiás – Nos 171 anos de Orizona, Caiado entrega 224 Chromebooks e participa da inauguração de complexo esportivo

Brasilagora

Jornal JA 7 – Governo lança programa habitacional para profissionais de segurança

Brasilagora

Jornal JA 7 – Covid-19: 40% da população-alvo está completamente vacinada

Brasilagora

Jornal JA 7 – Prioridade zero é Bolsa Família de R$ 300, diz ministro

Agriculturaagora

Jornal JA 7 – Mapa reforça parceria com a Universidade Federal de Viçosa (UFV)

Brasilagora

Jornal JA 7 – Covid-19: ministério registra 34,4 mil casos e 643 mortes em 24 horas

Brasilagora

Jornal JA 7 – São Paulo suspende rodízio de veículos na véspera de feriado

Brasilagora

Jornal JA 7 – Boletim mostra que 12 estados e o DF reduziram gastos com pessoal

Brasilagora

Jornal JA 7 – Serviço Florestal inicia processo para modelo de concessão florestal na Flona de Capão Bonito (SP)

Brasilagora

Jornal JA 7 – Receita libera hoje 3º lote de restituição do IR para cerca de 4 milhões de contribuintes

Brasilagora

Jornal JA 7 – Trabalhadores do Samu no Rio de Janeiro protestam por pagamento de salários atrasados

Destaqueagora

Jornal JA 7 – Registros de gripe sazonal atingem baixas recordes

Agriculturaagora

Jornal JA 7 – Abertas inscrições para curso online sobre transporte legal de aves

Agriculturaagora

Jornal JA 7 – Ministra Tereza Cristina participa do lançamento da campanha Mulheres Rurais, mulheres com direitos

Agriculturaagora

Jornal JA 7 – Agricultores do Rio Grande do Sul recebem kits de proteção para atividades nas feiras livres

Brasilagora

Jornal JA 7 – Desde 1860, Mapa acompanhou a transformação do setor agrícola brasileiro

Agriculturaagora

Jornal JA 7 – Ministério da Agricultura prevê crescimento de 27% na produção de grãos do país na próxima década

Brasilagora

Jornal JA7 – Anvisa faz alerta sobre túneis e câmaras de desinfecção de pessoas

Brasilagora

Jornais de Goiás – Ministério da Saúde atualiza informações sobre covid-19 no Brasil

Brasilagora

Jornais de Goiânia – Fornecedores da Embraer fazem demissões no interior paulista

Brasilagora

Jornais de Goiânia – Impacto da UnB na economia supera o próprio orçamento

Brasilagora

Jornais de Goiás – Justiça derruba liminar para entrega de respiradores ao Rio de Janeiro

Brasilagora

Jornais de Goiás – Coronavírus: ministro da Saúde reconhece agravamento da situação

Brasilagora

Jornal JA7 – Dólar ultrapassa R$ 5,40 com perspectiva de corte de juros

Brasilagora

Jornal JA7 – Ministério cancela antecipação de 2ª parcela de auxílio emergencial

Brasilagora

Jornais de Goiânia – TSE suspende cancelamento de 2,5 milhões de títulos eleitorais

Brasilagora

Jornais de Goiás – Inep formaliza adiamento do Enem digital para 22 e 29 de novembro

Destaqueagora

Jornal JA7 – Motociclistas venezuelanos protestam pela falta de gasolina

Brasilagora

Jornal JA7 – Internado em estado grave, Aldir Blanc tem suspeita de Covid-19