AgriculturaAgronegócioBrasilDestaqueManchetes

Ministério da Agricultura dispõe capital para criação de tecnologia avançada para o Cariri Paraibano

O Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa), por por meio da Secretaria de Inovação, Desenvolvimento Sustentável e Irrigação (SDI), efetivou em Campina Grande (PB), dois Termos de Execução Descentralizada (TED) com o Centro de Desenvolvimento Sustentável do Semiárido (CDSA), da Universidade Federal de Campina Grande (UFCG), com intermédio da Fundação Parque Tecnológico da Paraíba, que vai conceder que produtores atendidos pelo AgroNordeste usem acesso à tecnologias de ponta e metodologias que vão colaborar com a melhoria da produtividade agropecuária local. Os termos aplicam R$ 300 mil para as ações.

Os TEDs irão permitir a abertura de Unidade de Referência Tecnológica (URTs), do Sistema Integração Lavoura-Pecuária-Floresta (ILPF), do Sistema Plantio Direto na palha (SPD) e do sistema de monitoramento ambiental SmartFarm baseado em tecnologia 4.0. Com atuação nas localidades do AgroNordeste, os programas aspiram a criação de uma rede de parceiros e a emprego, por parte dos produtores locais, das estratégias de desenvolvimento sustentável inseridas no ABC (Agricultura de Baixo Carbono).

A diretora do Departamento de Projetos Territoriais Rurais do Mapa, Adriana Melo, destaca que os TEDs ajudarão no trabalho conjunto com a UFCG, que tende a se ampliar em 2022. “As atividades do AgroNordeste no Cariri Paraibano captam força e capilaridade com o comprometimento da universidade, que passa a agregar o rol de parcerias essenciais para o desenlace do Plano”.

Segundo o professor da UFCG e coordenador de operações do AgroNordeste em Sumé (PB), Tiago Araújo, a associação permitirá a aplicação de novas tecnologias, possibilitando de maneira importante a evolução produtiva e econômica. “Outro ganho é o ILPF, que vai permitir a integração de culturas, diminuindo o custo de produção e o impacto ambiental, seguindo a linha da sustentabilidade, com uma agricultura de baixo carbono”, completou

E estiveram presentes à solenidade o coordenador do AgroNordeste no estado, Hermes Ferreira Barbosa; o diretor do CDSA, Hugo Morais de Alcântara; o diretor-geral do Parque Tecnológico da Paraíba, Aldre Jorge; o representante da UFCG, George Ribeiro; o professor e proponente dos projetos, Rômulo Augusto; e a agente de Desenvolvimento Local do AgroNordeste-PB, Rhaysa Oliveira.

Mostre mais

Deixe um comentário

Botão Voltar ao topo
error: Content is protected !!