conecte-se conosco

Brasil

Jornal JA7 – Monitoramento diário de preços é fundamental, diz Petrobras

Publicada

em

Imagem/Freepik

Métrica de acompanhamento contribui para manter competitividade

A Petrobras vai manter o prazo de cálculo anual da paridade internacional de preços dos combustíveis, adotado em fevereiro deste ano em substituição ao prazo anterior de três meses, mas isso não significa que a empresa deixará de olhar, no dia a dia, a defasagem de preços em relação ao mercado, afirmou o diretor de Comercialização e Logística da empresa, Cláudio Mastella.

“Essa métrica de monitoramento diária é fundamental, para manter a competitividade, e a variação em base anual serve para manter uma visão conjunta de que nossos preços seguem com flexibilidade no curto prazo, para poder praticar em alguns momentos, buscando maior competitividade, com margens mais baixas ou um pouco mais altas”, disse Mastella em entrevista coletiva virtual.

Sobre a frequência de reajustes de preços, Mastella lembrou que, no passado, a Petrobras praticou frequências muito baixas e muito altas de reajustes e hoje adota como pratica uma frequência intermediária, buscando alinhamento aos preços internacionais, preços competitivos, com reajustes em bases de frequência variável para “continuar competindo no mercado”.

No âmbito das exportações, Mastella confirmou que a expectativa da Petrobras está em torno de 713 mil barris hoje, mas disse que isso poderá ser reavaliado. “A revisão da nossa leitura de cenário, seja de preços, seja de demanda doméstica, seja de prêmios no mercado internacional, é feita o tempo todo, e isso faz com que se reavalie permanentemente o melhor uso do nosso petróleo”. Isso vale para o mercado interno e internacional, sublinhou.

Precificação

Mastella explicou que o ganho de participação da Petrobras no mercado de gasolina e diesel já vinha ocorrendo desde o segundo semestre do ano passado e faz parte da política mais agressiva de precificação em relação ao mercado, buscando um grande market share para estimular a utilização do parque de refino. Ele disse que o que aconteceu no primeiro trimestre do ano, com aumento da participação da empresa no mercado de diesel foi resultado da estratégia de preços e também da redução da importação de terceiros para o mercado brasileiro. “Este é um parâmetro que a gente monitora, buscando rentabilidade para a empresa, que é o objetivo maior”. A participação de terceiros demonstra que o mercado é competitivo, “que não somos os únicos atores desse mercado e que a formação de preços que praticamos é transparente e em consonância com o mercado internacional”.

Sobre o programa de redução de furtos em dutos da Petrobras, Mastella ressaltou que, de 2018 até agora, vem-w3 reduzindo o volume de produto furtado dos dutos, que era de 11 mil metros cúbicos para uma previsão, este ano, de menos de mil metros cúbicos de furtos. Ele destacou que, nesse caso, o maior problema não é econômico, mas de segurança para a operação do sistema, para as comunidades localizadas próximo às redes de dutos e para o meio ambiente. Os furtos, de modo geral, são feitos de maneira primitiva, gerando riscos ambientais e para a população, afirmou.

A Petrobras gastou no ano passado R$ 180 milhões para o sistema de proteção aos dutos e monitoramento das faixas. As denúncias podem ser feitas pelo número 168.

Dívida

O diretor financeiro e de Relacionamento com Investidores, Rodrigo Araújo, assegurou que, em termos de exposição econômica, a Petrobras tem neutralidade importante em relação ao dólar. “A exposição ao dólar não é relevante para fins de equilíbrio econômico da companhia”. A Petrobras alcançou resultados significativos no primeiro trimestre deste ano em termos de redução da dívida em dólar. “A companhia teve geração de caixa sólida”, afirmou. “Tivemos um fluxo de caixa livre de US$ 5,6 bilhões e entradas adicionais no valor de US$ 800 milhões”.

No período, a empresa teve também redução de alavancagem significativa. “A nossa dívida caiu US$ 4,6 bilhões”. A isso se somam mais R$ 3,2 bilhões de queda até o final de abril. Rodrigo Araújo disse que, na prática, a Petrobras segue fortemente engajada no atingimento da meta de dívida de US$ 67 bilhões para o final deste ano. Para 2022, a meta é reduzir ainda mais a dívida para US$ 60 bilhões.

Em termos de desinvestimento, Araújo informou que, de janeiro a maio deste ano, a Petrobras encerrou operações de desinvestimento no valor de US$ 2,5 bilhões e registrou entrada de caixa de US$ 500 milhões até agora. Ele admitiu que a pandemia do novo coronavírus impactou um pouco na questão de desinvestimento de ativos da companhia e disse a meta é encerrar o ano com maior número de processos da gestão de portfólio, mantendo o ritmo acelerado de venda.

Estão na lista de alienações para este ano as refinarias Isaac Sabbá, Lubrificantes e Derivados de Petróleo do Nordeste, Alberto Pasqualini, Gabriel Passos, Abreu e Lima, Presidente Getúlio Vargas, além da Unidade de Industrialização de Xisto e Gaspetro.

Malha equatorial

Já o diretor de Exploração e Produção, Fernando Borges, afirmou que o trabalho desenvolvido pela companhia junto ao Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama) está evoluindo bem e que há perspectiva de obter licença no início de 2022 para perfuração da foz do Amazonas, na chamada malha equatorial. A previsão é de furar pelo menos três poços exploratórios na Bacia Pará/Maranhão, foz do Amazonas e Barreirinhas (MA), a partir do final do ano que vem. A malha equatorial é considerada fronteira exploratória, e a Petrobras está “empenhando bastante estudo e dedicação no sentido de atender os requisitos ambientais para uma área sensvel como aquela, mas demonstrando que a gente pode fazer uma operação segura”.

Borges deixou claro que a estratégia de formar parcerias para atuar em águas profundas e ultraprofundas não foi abandonada. “A gente nunca pode esquecer que exploração é uma atividade de risco”. Na área do pré-sal acontece o mesmo: “não é bilhete premiado”. Para Borges, a beleza da parceria é que o sócio “vai sempre exigir que se faça o melhor projeto, tanto para explorar uma área como para desenvolver, e que se sai mais forte para uma atividade que é de risco”.

Na Bacia Sergipe e Alagoas, de águas profundas, a previsão é ter a Fase 3 aprovada em meados de 2022, “se tudo correr bem”. Nessa área, o diretor Exploração e Produção disse que a alternativa é escoar o produto para terra, via gasoduto, e entregar esse gás para o mercado brasileiro.

O diretor de Desenvolvimento da Produção, João Henrique Rittershaussen, completou que a Petrobras está aguardando os sócios do projeto para poder dar o visto final para ir a mercado.

EBC. Os conteúdos publicados no Portal JA7 são de responsabilidade dos autores e não refletem necessariamente a opinião do veículo, sendo todo material de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.

Continue lendo
Clique para comentar

Você deve estar logado para postar um comentário em Login

Deixe uma resposta

TV JA7

Brasilagora

Jornal JA 7 – Petrobras assina contrato para venda da Gaspetro

Brasilagora

Jornal JA 7 – Caixa paga hoje auxílio emergencial a nascidos em novembro

Brasilagora

Jornal JA 7 – TCU aprova concessão da via Dutra e da Rio Santos

Brasilagora

Jornal JA 7 – Covid-19: Rio de Janeiro vacina população adulta jovem da favela da Maré

Brasilagora

Jornal JA 7 – Mudanças sobre lavagem de dinheiro são regulamentadas pelo BC

Brasilagora

Jornal JA 7 – MP com novo programa social sai no início de agosto, diz ministro

Brasilagora

Jornal JA 7 – Dívida Pública Federal sobe 3% em junho e vai para R$ 5,33 trilhões

Brasilagora

Jornal JA 7 – Heinze assume vaga de titular na CPI após saída de Ciro Nogueira

Brasilagora

Jornal JA 7 – USP oferece cursos gratuitos e online na área de humanidades

Brasilagora

Jornal JA 7 – Com 60% da população vacinada, mortes e casos de covid-19 caem 40%

Brasilagora

Jornal JA 7 – Covid-19: quem escolher vacina na cidade de SP vai para o fim da fila

Brasilagora

Jornal JA 7 – Rio de Janeiro retoma aplicação da primeira dose contra covid-19

Brasilagora

Jornal JA 7 – SP aumenta horário do comércio e capacidade de ocupação para 80%

Brasilagora

Jornal JA 7 – Exportações brasileiras de rochas ornamentais sobem 44% no 1º semestre

Brasilagora

Jornal JA 7 – Estado do Rio de Janeiro autoriza 59 cidades a retomarem aulas híbridas

Brasilagora

Jornal JA 7 – USP, Unesp e Unicamp iniciarão semestre com aulas remotas

Brasilagora

Jornal JA 7 – Rio de Janeiro deve retomar aplicação da primeira dose contra covid-19 na quinta

Brasilagora

Jornal JA 7 – Covid-19: país ultrapassa 550 mil mortes e tem 19,7 milhões de casos

Brasilagora

Jornal JA 7 – Debêntures incentivadas alcançam R$ 5,5 bilhões em junho

Brasilagora

Jornal JA 7 – MEC recomenda volta às aulas presenciais

Brasilagora

Jornal JA 7 – Presidente Jair Bolsonaro assina propostas de projeto de lei em favor da família

Brasilagora

Jornal de Goiânia – AGU regulamenta acordo de não persecução em casos de improbidade

Brasilagora

Jornal JA7 – Setor de serviços cresce 1,2%, diz pesquisa do IBGE

Agriculturaagora

Jornal JA7 – Lançada campanha anual para promover os produtos orgânicos no país

Brasilagora

Jornal JA7 – Camex faz reunião extraordinária do Conex e aprofunda o diálogo voltado para agenda de comércio exterior

Brasilagora

Jornal JA7 – São Paulo inicia vacinação contra a covid-19 de pessoas com 37 anos

Brasilagora

Jornal JA7 – Começa hoje o prazo de adesão ao Programa Emergencial de Retomada do Setor de Eventos

Agriculturaagora

Jornal JA7 – Zarc ampliará informações fornecidas aos agricultores até o fim do ano

Brasilagora

Jornal JA7 – Equipe do Instituto Militar de Engenharia foi vice-campeã da Robocup

Brasilagora

Jornal JA7 – Ministério da Economia lança consulta pública para modernizar gestão da frota de veículos por meio de tecnologia

Brasilagora

Jornal JA7 – Mutirão de saúde leva atendimentos para indígenas no Xingu

Brasilagora

Jornal JA 7 – Enade 2021: inscrições vão até o dia 8 de agosto

Brasilagora

Jornal JA7 – Leilão de Transmissão nº 1/2021 garante R$ 1,3 bilhão em investimentos, com deságio médio de 48,12%

Brasilagora

Jornal JA 7 – Debêntures incentivadas alcançam R$ 5,5 bilhões em junho

Brasilagora

Jornal JA7 – Governo não vê necessidade de prorrogação do BEm, diz secretário

Brasilagora

Jornal JA7 – Guedes diz que governo pode reduzir ainda mais alíquota de IRPJ

Agriculturaagora

Jornal JA7 – Embrapa realiza curso sobre pecuária de leite para jornalistas

Brasilagora

Jornal JA 7 – Covid-19: Brasil registra 19,4 milhões de casos e 545,6 mil mortes

Brasilagora

Jornal JA7 – como funcionam as bandeiras tarifárias

Brasilagora

Jornal JA7 – Ministério lança plano para fortalecer residências em saúde

Brasilagora

Jornal JA7 – Lei do Governo Digital entra em vigor com foco na eficiência e inovação

Brasilagora

Jornais de Goiás – Economia da cidade do Rio pode voltar ao nível pré-covid em setembro

Brasilagora

Jornal JA 7 – Serviço Florestal inicia processo para modelo de concessão florestal na Flona de Capão Bonito (SP)

Brasilagora

Jornal JA 7 – Receita libera hoje 3º lote de restituição do IR para cerca de 4 milhões de contribuintes

Brasilagora

Jornal JA 7 – Trabalhadores do Samu no Rio de Janeiro protestam por pagamento de salários atrasados

Destaqueagora

Jornal JA 7 – Registros de gripe sazonal atingem baixas recordes

Agriculturaagora

Jornal JA 7 – Abertas inscrições para curso online sobre transporte legal de aves

Agriculturaagora

Jornal JA 7 – Ministra Tereza Cristina participa do lançamento da campanha Mulheres Rurais, mulheres com direitos

Agriculturaagora

Jornal JA 7 – Agricultores do Rio Grande do Sul recebem kits de proteção para atividades nas feiras livres

Brasilagora

Jornal JA 7 – Desde 1860, Mapa acompanhou a transformação do setor agrícola brasileiro

Agriculturaagora

Jornal JA 7 – Ministério da Agricultura prevê crescimento de 27% na produção de grãos do país na próxima década

Brasilagora

Jornal JA7 – Anvisa faz alerta sobre túneis e câmaras de desinfecção de pessoas

Brasilagora

Jornais de Goiás – Ministério da Saúde atualiza informações sobre covid-19 no Brasil

Brasilagora

Jornais de Goiânia – Fornecedores da Embraer fazem demissões no interior paulista

Brasilagora

Jornais de Goiânia – Impacto da UnB na economia supera o próprio orçamento

Brasilagora

Jornais de Goiás – Justiça derruba liminar para entrega de respiradores ao Rio de Janeiro

Brasilagora

Jornais de Goiás – Coronavírus: ministro da Saúde reconhece agravamento da situação

Brasilagora

Jornal JA7 – Dólar ultrapassa R$ 5,40 com perspectiva de corte de juros

Brasilagora

Jornal JA7 – Ministério cancela antecipação de 2ª parcela de auxílio emergencial

Brasilagora

Jornais de Goiânia – TSE suspende cancelamento de 2,5 milhões de títulos eleitorais

Brasilagora

Jornais de Goiás – Inep formaliza adiamento do Enem digital para 22 e 29 de novembro

Destaqueagora

Jornal JA7 – Motociclistas venezuelanos protestam pela falta de gasolina

Brasilagora

Jornal JA7 – Internado em estado grave, Aldir Blanc tem suspeita de Covid-19