AgriculturaAgronegócioDestaqueEconomiaEducaçãoGoiâniaGoiásGoverno de GoiásImprensaManchetesNotíciasPolíticaSaúde

Estudantes da Escola do Futuro de Aparecida de Goiânia se classificam para campeonato mundial de robótica

Estudantes da Escola do Futuro de Goiás (EFG) garantiram sua participação no RoboWorld Cup FIRA 2024, um dos principais torneios de robótica do mundo, agendado para ocorrer de 5 a 9 de agosto de 2024, em São Luís, no Maranhão. A conquista histórica para uma escola pública de tecnologia goiana foi assegurada durante a etapa nacional do FIRA Brasil, em Juazeiro do Norte (CE), finalizada no último domingo (26).

“Isso demonstra a qualidade do ensino em nossas unidades, assim como o comprometimento dos estudantes. Eles continuam alcançando resultados cada vez mais notáveis”, celebra o secretário de Ciência, Tecnologia e Inovação de Goiás, José Frederico Lyra Netto. O campeonato é reconhecido como um dos maiores do mundo e será organizado pela Federation of International RoboSports Association (FIRA).

A equipe, denominada Rassilianos em homenagem à EFG Luiz Rassi, de Aparecida de Goiânia, é composta por cinco alunos, com idades entre 15 e 19 anos. “Essas competições são significativas não apenas para nós, Rassilianos, mas para o futuro. Queremos tornar a robótica acessível a todos”, destaca Anna Clara Ferreira Barros, uma das integrantes do grupo, junto com Danielly Khalil, Cauã Rodrigues, Gabriel dos Santos Feitosa e Bertrand Otoniel Pereira.

Os estudantes conquistaram a vaga para o campeonato mundial nas categorias Cliff Hanger, na qual robôs de pesos equivalentes buscam empurrar o oponente para fora da arena enquanto desviam de obstáculos, e Cabo de Guerra. O robô utilizado na competição foi desenvolvido na EFG e passará por aprimoramentos para o evento mundial.

O diretor da EFG Luiz Rassi, Vinícius Seabra, ressaltou o apoio recebido. “Tivemos todas as condições para disputar essa vaga devido à competência da equipe e ao suporte fornecido pelo Governo de Goiás dentro das Escolas do Futuro, com equipamentos de última geração. A estrutura de robótica é propícia para o desenvolvimento de equipes em nível profissional”, assegura.

As Escolas do Futuro de Goiás (EFGs) estão ligadas à Secretaria de Ciência, Tecnologia e Inovação (Secti) e contam com laboratórios no valor de R$ 7 milhões em cada uma das suas cinco unidades: Goiânia, Aparecida de Goiânia, Mineiros, Santo Antônio do Descoberto e Valparaíso. Além do curso de robótica, as EFGs oferecem aproximadamente 60 cursos gratuitos na área da tecnologia.

Avalie o Post post

Mostre mais

Deixe um comentário

Botão Voltar ao topo