AgriculturaAgronegócioAgropecuáriaAgropecuárioBrasilDestaqueManchetesPecuária

Jornal JA7 – Agronegócio Brasileiro Amplia Presença na Ásia com Abertura de Quatro Novos Mercados em 2024

O agronegócio brasileiro inicia o ano de 2024 com um impulso significativo em sua expansão internacional, conquistando a autorização para exportar seus produtos para quatro novos mercados na Ásia. Este marco segue um ano de 2023 marcado por recordes na abertura de mercados, com 78 novos produtos recebendo aprovação para exportação em 39 países diferentes.

A notícia foi recebida com entusiasmo pelo governo, que celebrou a autorização para exportar bovinos vivos, embriões de bovinos (in vivo e in vitro) e sémen bovino para o Paquistão, além de alevinos de tilápia para as Filipinas.

O Paquistão, que importou um total de US$ 298.097.917 em produtos brasileiros em 2023, destaca-se como um mercado vital para o Brasil. Os principais produtos exportados incluem fibras e têxteis, o complexo de soja e produtos florestais, respondendo por impressionantes 83% das exportações brasileiras para o país asiático.

Enquanto isso, as República das Filipinas continua a ser um mercado-chave para a carne brasileira, com exportações no valor de US$ 918.262.941 no ano anterior. As proteínas representam 76% do total de produtos consumidos pelos filipinos do Brasil.

O mercado de bovinos vivos, recentemente aberto para o Paquistão neste mês, resultou em uma movimentação de US$ 488.580.177 no mercado mundial em 2023, indicando um aumento notável de 154% em comparação com o ano de 2022.

“Com a retomada das relações diplomáticas, 2023 foi um ano de conquistas sem precedentes na abertura de novos mercados em todo o mundo. Em 2024, com o apoio do Ministro Carlos Fávaro, continuaremos a buscar novas oportunidades para os produtores do agronegócio brasileiro, permitindo que eles exportem uma variedade de produtos para destinos até então inexplorados, contribuindo assim para o crescimento econômico e a geração de empregos em todo o país”, ressaltou Roberto Perosa, secretário de Comércio e Relações Internacionais.

Esses resultados positivos são resultado de um esforço conjunto entre o Ministério da Agricultura e Pecuária (Mapa) e o Ministério das Relações Exteriores (MRE), demonstrando a importância da colaboração entre essas instituições na promoção do agronegócio brasileiro no cenário global.

Avalie o Post post

Mostre mais

Deixe um comentário

Botão Voltar ao topo