AparecidaAparecida de GoiâniaDestaqueEconomiaGoiâniaGoiásGoverno de GoiásImprensaManchetesNotíciasPolíticaSaúde

Aparecida Inicia programa de atualização para médicos sobre o combate à dengue

Em uma iniciativa proativa diante do crescente número de casos de dengue, a Secretaria Municipal de Saúde de Aparecida de Goiânia (SMS) tem intensificado a preparação de seu corpo médico, oferecendo treinamento tanto presencial quanto via vídeo aulas. Este esforço visa assegurar uma resposta mais eficaz e informada por parte dos profissionais de saúde no tratamento da doença.

Com a adoção de novos fluxos e protocolos, a SMS está empenhada em atualizar os médicos de toda a rede sobre como manejar de maneira adequada os casos suspeitos e confirmados de dengue. Neste contexto, na última quarta-feira, os médicos que servem na atenção primária, especificamente nas Unidades Básicas de Saúde (UBSs), participaram de um treinamento especializado conduzido por Thaís Alarcon Duarte Braga, uma reconhecida infectologista da SMS e atuante no Hospital de Doenças Tropicais (HDT) em Goiânia, realizado na Cidade Administrativa.

Alessandro Magalhães, secretário de Saúde, sublinhou a importância da constante atualização profissional, especialmente em face do aumento de casos de dengue, mencionando a adoção de medidas como a capacitação em massa e a abertura das 42 UBSs para atendimento de casos suspeitos e confirmados sem a necessidade de agendamento prévio.

Gustavo Assunção, superintendente de Atenção à Saúde, destacou o plano abrangente da SMS contra arboviroses, incluindo dengue, chikungunya e zika, que prevê, entre outras ações, o aumento dos estoques de insumos e a expansão dos testes laboratoriais disponíveis para a atenção básica e urgências, além de treinamentos presenciais ministrados pela doutora Thaís Alarcon aos coordenadores da rede.

Henrique do Carmo, coordenador médico da Rede de Urgências, enfatizou a adaptação das estratégias de capacitação à realidade de cada setor, destacando a importância do treinamento e das vídeo aulas disponibilizadas para os médicos do setor de urgências, além da atualização dos protocolos de manejo clínico da dengue e outras arboviroses, garantindo assim uma maior aderência e segurança no atendimento aos pacientes.

Os médicos André Antunes Coutinho e Isabela Oliveira Carvalho, respectivamente das UBS Buriti Sereno e Pontal Sul II, expressaram gratidão e apoio à iniciativa, ressaltando a importância da atualização dos protocolos e do conhecimento compartilhado para um atendimento eficaz e integrado no combate à dengue.

O atendimento para casos de dengue nas UBSs de Aparecida é oferecido de segunda a sexta-feira, das 7h às 17h, sem necessidade de agendamento prévio, exigindo apenas a apresentação de documentos pessoais e comprovante de endereço. Paralelamente, as unidades de pronto atendimento (UPAs) e Centros de Atendimento Integral à Saúde (Cais) seguem disponíveis 24 horas por dia, todos os dias da semana, para atender casos suspeitos de dengue, especialmente os mais graves.

Avalie o Post post

Mostre mais

Deixe um comentário

Botão Voltar ao topo